English Version

PRODUTOS | LINHA BT300

 

CONJUNTO DE MANOBRA E CONTROLE DE BAIXA TENSÃO

 

A linha BT300 é uma solução para sistemas de distribuição em baixa tensão classe 1000V, auto-portantes, que acomodam equipamentos para proteção, seccionamento e manobra de energia elétrica. Suas aplicações vão desde painéis de pequeno porte, painéis de controle e acionamento através de drivers, até painéis de grande porte, compostos por várias colunas, constituindo um sistema complexo de distribuição de energia.

Nos painéis de distribuição é comum encontrar diversas unidades montadas na mesma estrutura, mas também podemos encontrar colunas com funções específicas como: Entrada, Transição e Saída.


A coluna de entrada abriga a interface com os alimentadores ou barramentos de alimentação do conjunto de manobra, derivados na maioria das vezes de fontes de energia como transformadores ou geradores. Nesta coluna geralmente fica o equipamento de proteção, seccionamento ou manobra geral do painel de distribuição.


As colunas de transição abrigam as conexões entre conjuntos independentes de barramento, que podem trabalhar permanentemente conectados, conectados apenas em situação de emergência e manutenção ou ainda selecionando fontes de alimentação.


As colunas de saída abrigam equipamentos de proteção, seccionamento ou manobra das respectivas cargas. Em alguns casos estes equipamentos podem ser desconectáveis ou extraíveis, isto é, podem ser removidos ou substituídos de forma segura sem a utilização de ferramentas especiais, facilitando os trabalhos de manutenção e reduzindo o tempo de parada nas instalações no caso de reparos ou substituição de partes ou peças dos conjuntos de manobra.


É comum a aplicação da linha BT300 para painéis de controle, automação e monitoramento de processos, fazendo uso de equipamentos como controladores lógico programáveis (CLP), interfaces (IHM), gerenciadores de energia, controladores de demanda ou simplesmente equipamentos para chaveamento ou intertravamento de circuitos, como contatores ou relés.


A linha também abriga equipamentos para controle, proteção e acionamento de motores através de drives, como softstarters , inversores ou conversores de frequência. Cuidados especiais devem ser tomados na instalação destes equipamentos, como por exemplo, seleção de filtros de linha, especificação das proteções e alimentadores do drive e dissipação térmica, para garantir seu perfeito funcionamento e minimizar seus efeitos nas redes de distribuição.
Em grandes aplicações, os painéis de controle são projetados com uma ou mais colunas e podem estar fisicamente interligados às colunas de distribuição.


Outra variação importante para esta linha de produto são as Cabines de Barramento. Equipamentos que devem estar em conformidade com especificações próprias das concessionárias de energia, com características construtivas e elétricas bem particulares, estes produtos devem atender exigências de segregação para energia não medida, montagem back-to-back, terminais especiais dos alimentadores entregues pela concessionária, esforços importantes nos barramentos devido ao nível de curto-circuito elevado, entre outras. 


Ensaios de rotina previstos em norma são realizados em todos os conjuntos, depois de finalizada a montagem, a fim de detectar falhas em materiais e também falhas de fabricação. Seus resultados são identificados em um relatório de inspeção, individual por conjunto de manobra, entregue ao cliente juntamente com o produto final.
Sua vasta linha de configurações garante a adequação a todo tipo de combinação para distribuição, manobra, proteção, medição e controle que seu projeto necessitar. 

 
  • Características Construtivas

    • Dimensões – Altura: 1200 até 2300mm., Largura: 600 até 1200mm., Profundidade: 400 até 1000mm. Outras configurações conforme consulta;
    • Estrutura fabricada em chapa de 2,65mm. (12MSG) ou 1,90mm. (14MSG) na linha econômica, com tratamento por fosfatização orgânica;
    • Portas, teto, compartimento de comando e tampas fabricadas em chapa de 1,90mm. (14MSG), com tratamento por fosfatização orgânica;
    • Base soleira e molduras fabricadas em chapa de 2,65mm.;
    • Modelos com até 1000mm. de largura podem ser fornecidos com porta frontal única ou bipartida e modelos com 1200mm. de largura somente com porta frontal bipartida;
    • Perfil vertical perfurado nas portas de ambos os lados para montagem de componentes;
    • Olhais de içamento;
    • Formas de segregação – 1. Outras formas conforme consulta;
    • Chapas com acabamento padrão na cor RAL 7032 ou Munsell N6,5, pintura eletrostática a pó poliéster – 80 micras;
    • Abertura das portas com ângulo de 120 graus;
    • Dobradiças embutidas em aço carbono ou aço inox;
    • Vedação com borracha injetada;
    • Fecho fenda ou chave yale;
    • Sistema de aterramento nas portas;
    • Isoladores em epóxi, garantindo resistência aos esforços mecânicos ao longo dos barramentos de cobre;
    • Grau de proteção – IP54;
    • Identificações que contribuem com a manobra segura dos equipamentos e alertam contra contatos ou operações indevidas.

  • Características Elétricas

    • Tensão nominal de isolamento – 1000V (60Hz);
    • Tensão suportável nominal de impulso atmosférico - 8kV;
    • Tensão suportável nominal a frequência industrial – 3,5kV;
    • Frequência nominal – 60Hz;
    • Corrente nominal dos barramentos principais – 6000A;
    • Corrente suportável nominal de curta duração – 65kA/1s;
    • Valor de crista da corrente suportável nominal – 143kA;
    • Distâncias de escoamento e isolação – 12,5mm, grau de poluição 3 e grupo de material I.

  • Clique para ampliar

  • Clique para ampliar

  • Clique para ampliar

  • Clique para ampliar